Arquivo de Novembro, 2010

Greve… ao discernimento

Posted: 29/11/2010 in Geral

A semana passada foi marcada por uma greve… uma greve geral…

Estando eu numa posição privilegiada para observar os trabalhadores da função pública diria que houve 2 greves, …a geral daqueles que aproveitaram para fazer chegar à entidade patronal a opinião que têm deles e aqueles que foram trabalhar normalmente ou porque não pertencem à Função Pública como é o meu caso e não entra para as estatísticas, ou porque simplesmente lhes falta discernimento para distinguir um sindicato, de um clube de futebol da 3ª divisão.

É destes últimos que eu tenho pena… com argumentações do género “não adianta nada”, “se os sindicatos me pagassem o dia”, “só quem ganha muito é que faz greve” vamos continuar a pagar a crise actual e todas a que se afigurarem no futuro…

Esta crise foi, … é, e será durante algum tempo da responsabilidade dos especuladores e dos Bancos. Quantos foram os que tiveram prejuízo no 1º semestre? Quanto irão esses senhores contribuir para a recuperação? As respostas estão entre zero e uma ínfima parte dos lucros. Não é que eu ache que os bancos devam ter prejuízo… mas há pessoas que estão na miséria por causa desses senhores, das suas publicidades agressivas e promessas desmedidas, pelo que o mínimo que se esperaria era uma taxa de 60-70% sobre os lucros (e estamos a falar de lucros…)

Em vez disso o que é que o nosso Sócrates nos reserva… cortes nas ajudas às famílias, cortes nos salários, cortes nos benefícios, e pior que isso… cortes nos investimentos e politicas de austeridade indiscriminada nas empresas do estado. Sim porque quer a empresa dê lucro, quer dê prejuízo são tratadas da mesma forma… Consequência? Mais desemprego, mais pessoas dependentes dos subsídios, mais despesas para o estado, mais especulação com a dívida e os juros da mesma, mais políticas de austeridade, mais desemprego, mais… (não sei se estão a ver aqui um padrãozinho).

Mas o que é que isso interessa… desde que seja possível aos nossos belíssimos gestores (como os da PT, da EDP, CGD, ANA, etc.) ganhar aos milhões por ano, eles não fogem para o estrangeiro como há bem pouco tempo o nosso Governo temia… por isso, venham mais aumentos… EDP dá lucro, sim, mas como a austeridades está aí venha mais um aumento na electricidade… a DECO diz que há taxas a mais (inclusive algumas que não fazem qualquer sentido) no preço composto da energia? Não faz mal, há sempre um Ministrozinho pronto a jurar e a por a mão no fogo que não é verdade, que está muito bem assim com aquelas taxas todas e que temos uma das energias mais baratas da Europa (achando eu que ele se esqueceu de dizer que os nossos salários estão na mesma linha de pensamento) e como tal venha mais um aumento (não sei se estão a ver como eu para onde esse ministrozinho vai trabalhar quando o proletariado passar da caca para a caquinha e colocar no poleiro “OS OUTROS”)…

E depois para atirar um pouco de terra para os olhinhos do “pobão”… epá vamos descer os nossos salários uns 10% para mostrar que somos uns gajos “porreiros pá”. Assim até parece que o nosso esforço é tão semelhante aos dos nossos pequenos políticos… até pelo menos se aperceberem que 10% nos seus salários implica limparem o cú a um papel higiénico de menor qualidade e tomar menos 4 cafés por dia (que implicará no futuro uma maior taxa de adormecimentos na assembleia) enquanto os cortes nas ajudas às famílias, os aumentos do IVA e em muitos casos os desemprego significa menos uma refeição por dia ou perder a casa para um daqueles bancos que irão lucrar mais uns milhões no próximo ano.

E a greve… a greve não tem nada a ver com isso diria o nosso amigo fura greves… ou então tem.

Introduza o título aqui

Posted: 21/11/2010 in Geral

Não se admirem se virem novo conteúdo aqui…

 

De igual modo, não se admirem se não virem o antigo… 2 anos é muita desactualização, o stress esse continua, desta vez sem a parte do software… apesar de poder ser referenciado por aí