Arquivo de Agosto, 2008

F.C.Porto v2008/09…

Posted: 11/08/2008 in Geral
Etiquetas:, ,

Agora que acabaram os jogos treino e se aproximam os jogos oficiais vou aproveitar a ocasião para emitir a minha análise (sim, a minha… e se não concordarem arranjem um espaço público da internet para escreverem as vossas bacoradas) de adepto sobre a equipa do FCPorto deste ano.

Helton/Nuno – Estão bem na equipa principal e venha o diabo (ou o Jesualdo que é aproximado o suficiente) e escolha o titular, pelo que vi o Helton não é assim tão superior como alguns parecem fazer crer.

Ventura – Tem paciência… lá virá a tua vez.

Fucile/Sapunaru – Pela frieza em campo, Sapunaru leva vantagem e o Fucile parece que jogou tanto tempo na esquerda que se desabituou à posição original.

Benitez/Lino – Acho que nenhum me convenceu que é um patrão da esquerda, Lino é melhor na marcação de bolas paradas, o Benitez falha menos mas também comete muitas mais faltas o que pode ser perigoso. Continuamos a ter um problema, 3 para o lugar (Fucile incluído) e ninguém se afirma.

Pedro Emanuel/Bruno Alves/Rolando/Stepanov – Os dois primeiros são os papás do centro da defesa, os outros dois ficam bem a ocupar o banco de suplentes.

Tengarrinha – ?

Guarín/Tomás Costa/Bolatti/Fernando – Guarín parece claramente em vantagem para o lugar de trinco (se é que esta figura continua a existir na versão deste ano) e apenas lhe falta alguma rotina de entendimento com os outros para ser melhor e errar menos passes. A flexibilidade e as trocas de posição com o Raul Meireles Podem revelar-se benéficas na questão do jogo ofensivo em relação à posição rígida do Paulo Assunção . Tomás Costa e Fernando parecem-me opções válidas para o banco mas terão que melhorar. Bolatti parece-me um excelente candidato… ao empréstimo.

Raul Meireles/Lucho – Imprescindíveis.  Lucho quando está bem é um grande jogador.

Rabiola – ?

Rodríguez/Quaresma/Mariano/Tarik/Candeias – Até ver como surge o Tarik (e vai ter que me surpreender muito) o Rodriguez já me convenceu, estranho que não me consigo lembrar de que clube é que ele veio. Acho que ficava muito bem ele de um lado e o Quaresma (que vai continuar por cá) do outro poderíamos ter aqui qualquer coisa de bonito. Mariano melhorou em relação ao que estava no ano passado mas a concorrência é muito forte. O Candeias pode aprender umas coisas com tamanhos professores.

Lisandro/Hulk/Farias – Lisandro se não desaprendeste nada, tenho aqui uma bela de uma taça de melhor marcador para ti. Farias é uma alternativa para entrar perto do fim quando for preciso descansar o Lisandro (se é que alguma vez isso parece acontecer). O Hulk, apesar de me ter deixado alguns pormenores dos quais eu gostei, acho que ainda está um pouco VERDE.

(não sei se entenderam a piada).

Cumprimentos

Teremos futuro?…

Posted: 07/08/2008 in Momento Verde
Etiquetas:, , ,

Será este o futuro?

Perguntam vocês, que coisa é esta tão importante que mais parece o chassis de um automóvel numa linha de montagem?

A ideia já não é nova, a notícia também não, mas é capaz de marcar uma viragem importante na tentativa de não transformarmos todas as nossas cidades em blocos de poluição como as que se vêm, por exemplo, em Pequim (que está tão em voga) e que os jornalistas fazem parecer como a mais poluída cidade do mundo (se calhar até é).

Esta foto regista a produção de veículos Honda no Japão, com vista ao mercado dos Estados Unidos (não queriam que fosse noutro lado, pois não?), mais especificamente na Califórnia uma vez que este tipo de veículo requer uma infraestrutura própria (infraestrutura doméstica) que apenas está disponível neste estado, do modelo FCX Clarity e que mais não é que o primeiro carro, para consumidor final em “larga” escala, de emissões zero para a atmosfera.

A tecnologia é simples e antiga, agora aplicada a veículos automóveis, e mais não é (explicado de forma muito simplificada) que a combinação química de 2 elementos, oxigénio e hidrogénio (O2 e H2), para a produção de energia eléctrica e térmica, cuja única emissão final desaproveitada é a ÁGUA.

Depois de passar a linha de montagem, o resultado final será este que agrade ou desagrade é uma avanço tecnológico que já tarda (e vai continuar a tardar pelas previsões de produção) e que irá contar com apenas cerca de 200 unidades em cerca de 3 anos. Os primeiros clientes foram personagens do mundo dos filmes (como não poderia deixar de ser tendo em conta a publicidade que isso gera) mas reunindo certas condições qualquer um se pode candidatar.

Tem vantagens óbvias, para quem não necessitar de autonomias superiores a 450 km’s (valor aproximado), como sendo as faladas emissões zero, a economia de combustível dado ter uma consumo equivalente a 74 mpg (milhas realizadas por galão de combustível) sendo que o consumo médio de um carro normal a gasolina será cerca de 40-50 mpg (quanto maior este valor, melhor), melhor e mais eficiente armazenamento da energia eléctrica gerada (baterias melhores e mais pequenas).

A ver pelo histórico de outro tipo de tecnologias (tipo os híbridos e energia eléctrica “based” da Toyota e Honda) e contando que os “lobbys” do petróleo não ganham a guerra, lá para 2020 os fabricantes europeus estarão a desenvolver uma solução idêntica e as revistas de automóveis da especialidade estarão a dizer que se fez história e que a Audi, Mercedes, BMW’s e outras que tais estão na frente da tecnologia porque para estas revistas apenas o que é alemão é bom.

O melhor é esperar mas fica aqui o meu registo de alguma esperança que indique que a necessidade aguça o engenho.

Cumprimentos

Mais informação no Híbridos Clube e Honda Forum e Página própria