Meter um dia para as férias…

Posted: 13/04/2006 in Geral

Esta frase do título é sobejamente conhecida por quem trabalha…

Não a ouvimos da boca de um estudante, nem de um patrão, normalmente quem trabalha e consequentemente merece, é que faz dela um motivo de regozijo. Mas eis que ontem fomos assombrados, quando mais uma classe da nossa sociedade a passou a usar. A classe Política. E vieram dar um novo sentido à frase… Alegrem-se todos aqueles que até agora tinham que trabalhar nos dias de trabalho e ir de férias nos dias de férias, pois após a experiência piloto de ontem vamos ter a solução MIX, que pelo sucesso e adesão será, com toda a certeza, alvo de Decreto-Lei.

E no que consiste essa solução mix? Perguntam vocês muito bem, pois é simples e trará muitas alegrias a todos, dado que os trabalhadores poderão optar por uma das hipóteses: estar a gozar férias e receber o normal ordenado ou então fingir que se está a trabalhar quando na verdade se goza uma praiinha no algarve ou noutro destino turístico.

Agora a sério, acredito sobejamente que o que aconteceu ontem (os deputados da Assembleia picarem o ponto e seguirem para o Algarve) se deveu única e exclusivamente a fenómenos meteorológicos… Sim, entenderam bem, e quando vierem as justificações das faltas (hmmm…se calhar devia ter dito ausência) vai precisamente confirmar que os representantes nessa instituição imaculada se encontravam todos nos respectivos locais de trabalho prontos para começar um árduo dia de trabalho quando boatos (com certeza da bancada do Bloco de Esquerda visto estarem lá todos) de que o tempo iria piorar a partir de sexta-feira. Ora, não querendo estragar as merecidas férias após largos meses de duro trabalho, resolveram sair um dia mais cedo na esperança de compensar o dia num qualquer fim de semana que desse jeito.

Tenho também a convicção que todos nós preferimos ter os nossos decisores descansadinhos e bem dispostos depois de terem conseguido um dia de férias com sol do que simples fantoches sonolentos que dançam ao som das politicas dos partidos que por sua vez são manipulados por interesses económicos daqueles que lhes pagam as férias.

É este o mundo real, não nos podendo rir com um parlamento como o de um certo país asiático que resolve tudo ao soco, vamo-nos divertido com os nossos pequenos palhaços.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s